Design de Embalagem: 4 dicas para a perfeição.

Design de Embalagem: 4 dicas para a perfeição.

Design de Embalagem:

Na maioria das vezes, a embalagem do produto é o primeiro ponto de contato do cliente com a marca. Por isso, na construção de uma embalagem deve se considerar todos os seus elementos no design, otimizando o espaço nas gôndolas e vitrines para que não passe despercebido pelos clientes, mantenha seu produto seguro, bem conservado e claro, visualmente atraente.

Design de Embalagem:

1. Escolhendo Materiais

São tantos materiais para escolher, desde a madeira ao plástico, que às vezes é mais fácil eliminar primeiro aqueles que por algum motivo não pode ser usado. Seja, por segurança, conservação ou orçamento, e a partir daí pensar nos prós e contras de cada um. Quando estiver fazendo essa escolha, considere também qual material combina com seu produto. Se é algo rústico, tradicional, quem sabe utilizar madeira, cerâmica, ou então se é algo jovem e tendência utilizar acrílico, ou alumínio.

Design de Embalagem:

2. O Poder da Expectativa

Decidir a aparência da embalagem é mais do que apenas fazê-la bonita. Elementos estéticos diferentes criam expectativas diferentes com relação ao produto, por exemplo se o produto é consumido gelado, usar cores frias como azul, ou verde, cria a expectativa da refrescância.

Lembrando que estética não significa apenas aparência visual, mas também sensações táteis, sonoras e olfativas. Trabalhar todos esses sentidos deliberadamente otimiza a experiência do usuário para criar uma expectativa positiva com relação ao produto.

Também considere a aparência do próprio material utilizado na embalagem, como a transparência do vidro para mostrar o produto, ou a textura da madeira para uma linha rústica.

Design de Embalagem:

3. Efeito Espelho

A aparência da embalagem tem uma função muito intrínseca a tão falada persona que consiste em um resumo do seu público alvo em uma personagem. Esse público precisa se sentir atraído pela embalagem, e isso significa que este deve utilizar uma linguagem familiar à ela. Formal ou informal, elegante ou despojado, intenso ou relaxante; tente destrinchar as características da sua persona e aplicá-las na sua embalagem.

Um exemplo bastante fora da curva é a linha de perfumes Lumen que criou embalagens interativas que acendem ao serem pressionadas. Isso não só direciona o produto para um nicho, como dá valor e status ao produto.

Design de Embalagem:

4. Formato

Muitas vezes as embalagens acompanham o formato do produto, ou seguem o que já está bastante estabelecida naquele ramo do mercado, como por exemplo caixas de leite. Porém fazer o design da embalagem fugir do padrão torna seu produto único e diferenciado, chamando atenção nas gôndolas. Contudo se deve ter em mente, novamente, como será esta apresentação nas gôndolas para que acompanhe o formato da embalagem.

Agora que você viu essas dicas, quando for desenvolver o design de embalagem do seu produto comece a pensar um pouco fora da caixa e dentro da mente do seu cliente, destacando-se entre seus concorrentes.


Fechar Menu
WhatsApp chat