Como preparar o seu arquivo para a gráfica?

Como preparar o seu arquivo para a gráfica?

Organizamos neste post algumas dicas essenciais para você ter segurança na hora de enviar o seu arquivo para produção gráfica.

Caso você não seja um profissional da área, ou não tenha conhecimento no assunto, sugerimos que direcione este conteúdo para o profissional responsável pela criação do seu material, ou então que entre em contato com o consultor comercial que lhe atende para que possamos lhe ajudar.

Além disso, caso não saiba como fazer algum destes ajustes, também podemos disponibilizar desde tutoriais a explicações sobre os processos.

Resolução de Imagens

O ideal para impressão é que todas as imagens do arquivo estejam em 300 DPI (Dots per Inch). Pode ser, claro, que algumas delas estejam abaixo desta recomendação, e portanto ocorrerá uma diminuição na qualidade percebida da imagem, que pode ou não, ser percebida. Contudo, fique atento, pois imagens acima de 300 DPI não aumentam a qualidade do material.

Imagens Recortadas/Sobrepostas em Fundos

Sempre que houverem imagens que foram recordas, ou que estão sobrepostas – rotacionadas ou deslocadas – sobre fundos, é interessante achatar (flattening) esses dois (ou mais) elementos, para evitar erros de processamento na rasterização (que pode ocasionar o desaparecimento de objetos).

Textos e Fontes

Textos escritos em preto deverão estar compostos somente com a cor PRETA, (ou seja, C, M e Y = 0%).

Todas as fontes utilizadas na criação do arquivo deverão ser enviadas juntamente com o mesmo. Caso isso não seja possível, converta todos os textos em curvas antes do envio.

“Calço de Preto” – Elementos em Preto

Grandes superfícies ou elementos em preto deverão ser “Calçados”, ou seja, compostos, com 30% de C, M e Y, tendo um preto composto por:
K = 100%
C, M, Y = 30%

Overprint e Knockout

Sempre que houver um elemento em preto, que sobreponha outros dois elementos de outras cores, ele deverá ser vazado, ou então calçado (C,M,Y = 30%, K = 100%).

Transparências

Cuidado ao utilizar transparências, elas podem facilmente gerar problemas de interpretação na rasterização. Recomendamos que, quando necessário utilizá-las, que sejam achatadas (flattening) com os demais elementos, formando uma única imagem.

Sangria, Área de Segurança e Margens

Sugerimos que você considere 5 mm tanto para Sangria como para a Margem de Segurança. Caso precise de menos espaço, consulte o consultor comercial que lhe atende para buscar alternativas.

Caso o seu material seja encadernado na modalidade de Lombada Quadrada, reservar margem de 2 cm para dentro da lombada.

Envio de Páginas / Capas

Envie sempre as páginas individuais e sequenciais, sem casar elas ou montar planos.

Para o envio de capas, importante consultar o tamanho da lombada para poder ajustar precisamente ela ao miolo. Caso não consiga calcular a lombada, é possível com o arquivo aberto que façamos este ajuste internamente.

Recomendação Final

Por fim, prepare seu arquivo com calma e revise ele metodicamente antes de enviar para a gráfica. Utilize a prova de impressão como um momento para dar segurança ao seu impresso, e não para correções finais.

Caso seja necessária alguma alteração em seu arquivo, envie somente as páginas / modelos alterados, ao invés do arquivo todo novamente, poupando retrabalho e ganhando agilidade na pré-impressão.