Porque utilizar máscaras e dicas de uso no ambiente de trabalho

Porque utilizar máscaras e dicas de uso no ambiente de trabalho

Em tempo de Pandemia do Covid-19, a recomendação do Ministério da Saúde e da OMS (Organização Mundial de Saúde) é de que todas as pessoas usem máscaras. 

Essa medida preventiva tem o objetivo de impedir o contágio e a propagação do coronavírus, principalmente nas cidades onde o comércio está liberado, ainda que com restrições (é obrigação do empregador manter um ambiente de trabalho seguro e saudável para o empregado).  

A informação quanto à higienização das mãos e o fornecimento de meios efetivos ao alcance dos empregados para lavar as mãos com água e sabão, assim como o fornecimento de álcool gel 70% e máscaras, longe de ser uma obrigação, é uma questão de bom senso para não expor o funcionário e os clientes a um risco desnecessário. 

E essa informação precisa ser disseminada: utilize máscara ao sair de casa e faça a sua parte. 

Continue a leitura para ficar mais informado com dicas simples que pode salvar vidas. 

Multas pela falta do uso de máscaras 

Não saia sem máscara! Em diversas cidades pelo país prefeitos anunciaram que as pessoas flagradas andando pelas ruas sem máscaras serão multadas. O valor das multas varia de cidade para cidade. 

Em São Paulo, a medida passa a valer a partir de na quinta-feira (07.05.2020). E a multa está estabelecida entre os valores de R$ 276 a R$ 276 mil. Além de possível detenção de até um ano para quem descumprir a regra.

Além disso, as autoridades poderão interditar parcial ou totalmente os estabelecimentos e dependências em que ocorrerem tais infrações. 

O decreto da cidade de São Paulo determina que o uso de máscaras deve ser utilizado como condição de ingresso nesses recintos.

Outra cidade que está seguindo o mesmo caminho de São Paulo é Florianópolis. O Prefeito Gean Loureiro diz que estuda multa de R$ 125 para quem descumprir a regra. A medida constará em decreto que ainda será publicado.

Dicas para uso de máscaras no trabalho

Mesmo com todas as determinações sobre o uso das máscaras, é importante alertar sobre o uso adequado das mesmas. 

Afinal, nunca foi hábito do brasileiro a utilização de máscaras no dia a dia, como é o caso de outras partes do mundo. Na Ásia, por exemplo, o uso é das máscaras respiratórias já é algo que faz parte da cultura e costumes das pessoas. 

As dicas da OMS esclarecem que é necessário o uso e descarte apropriado para garantir a efetividade da máscara. E assim, evitar qualquer aumento na transmissão do Covid-19. 

As informações a seguir sobre o uso correto de máscaras são oriundas de práticas nos serviços de saúde: 

  1. Coloque a máscara cuidadosamente, certificando-se de que ela cubra a boca e ao nariz. Amarre-a firmemente para minimizar qualquer folga entre o rosto e a máscara.
  1. Evite tocá-la quando estiver usando-a.
  1. Retire a máscara usando a técnica apropriada: não toque a parte da frente da máscara, desamarre-a na parte de trás.
  1. Após a remoção ou toda vez que uma máscara for tocada inadvertidamente, limpe as mãos usando álcool gel ou água e sabão, se as mãos estiverem visivelmente sujas.
  1. Troque a máscara assim que a mesma ficar úmida por uma máscara limpa e seca.
  1. Não reutilize máscaras de uso único.
  1. Descarte as máscaras de uso único após a utilização, e jogue-as fora imediatamente após removê-las.

Sua empresa está precisando de máscaras? 

Um grande problema para o setor de saúde é que as máscaras cirúrgicas, assim como as famosas N95, estão escassas no mercado. Por conta da dificuldade de encontrar máscaras no mercado, empresas e pessoas estão comprando esses modelos que são de uso hospitalar e, indiretamente, deixando os profissionais da saúde expostos.

Esse tipo de máscara é recomendado para uso em hospitais e UTIs, pois os médicos e enfermeiros precisam estar em contato direto e cuidando dessas pessoas contaminadas com o coronavírus, sendo a única forma de proteção para esses profissionais. 

Diante desse cenário, se na sua região você não encontrou máscaras seguras para seus funcionários, a Gráfica Rocha está apta para comercializar máscaras de papel. E não se preocupe com a possibilidade de faltar: temos uma capacidade produtiva de 50.000 unidades por dia. Conseguimos atender pedidos de todos os estados do Brasil. 

Não existe tempo hábil para certificação nos órgãos competentes, mas tivemos grande apoio de profissionais da área médica e da saúde, especialmente pela pela máscara ser eficiente e ter custo acessível (inferior a R$1,00), descartável e reciclável. Nossos pedidos mínimos são de 1.000 unidades. 

Faça o seu orçamento aqui.

Fechar Menu